sexta-feira, 22 de maio de 2009

lavando roupa

conversando com um colega de trabalho o assunto foi parar em sabão em pó. qual a primeira marca que vem a cabeça nesse caso? omo, claro. eu não sabia e acabei descobrindo que omo é uma sigla para 'old mother owl' (velha mãe coruja), que era o nome original do produto, que tinha uma coruja na caixa. voltado para as mães donas de casa e protetoras, ele foi o primeiro do seu ramo no brasil (1957) e o primeiro que veio na cor azul, por causa do hábito brasileiro de usar anil para realçar o branco das roupas.

com uma comunicação massiva, seja em revistas ou jornais, este produto conquistou seu espaço de líder. antes com a valorização do 'branco' (cada vez mais branco, progress, total, radiante), até que mudou para algo mais voltado para as relações entre as pessoas, 'porque se sujar faz bem'.

isso porque o perfil da mulher mudou para uma profissional que não quer perder tempo lavando roupa ou tentando tirar manchas, mas quer aproveitá-lo ao lado da família e dos filhos. além disso, esse conceito aborda o fato de que a sujeira é sinônimo de brincadeira, de criança feliz, que expressa sua criatividade, além de adquirir anticorpos pra ficar mais saudável. tudo a ver numa época em que mais crianças só querem ficar dentro de casa, na frente da tv ou videogame.

eu tenho máquina de lavar e nem consigo me imaginar tendo que lavar roupa, lençol ou toalha na mão, com sabão em barra... lembro de ver minha mãe ou as mulheres que trabalharam lá em casa, coitadas, lavando roupa no tanque, com todo sacrifício. ainda bem que hoje tudo ficou mais fácil e acessível.

mas pior que lavar a roupa é passar. esse aí nem máquina existe. alguém gosta?

9 comentários:

  1. Meu querido, agora eu moro com mamys novamente, mas lavar e passar era um parto quando eu morava só. Eu praticamente perdia o sábado. Putz! Mas um segredo é que eu não usava omo...rs É muito caro!

    Quanto as crianças, é uma pena essa geração "perdida". Trabalho com informática e tenho medo quando imagino a área daqui a 30 anos.

    abraço

    ResponderExcluir
  2. Merchandising à parte, o texto é bacana. A modernidade nos faz mais preguiçosos e sedentários...

    Bem que as máquinas de lavar roupa ja poderiam terminar o ciclo com a roupa passada. Daí só teríamos o trabalho de colocar no closet... rsrsrsr

    []'s
    .
    .
    .

    ResponderExcluir
  3. Olá meu amigo, gostei demais da histórinha do OMO... Jamais soube o seu significado mas agora faz todo sentido!

    Legal!

    Verdade mesmo que é mais fácil hoje em dia... Sem essas facilidades da dona de casa que a cada vez, os químicos, engenheiros e a própria indústria voltada para os serviços de casa, se preocupam com o facilitar daquela que toma conta de tudo, nem sei o que seria de nós... E tem mais. Estamos anoa=s luz atrasados, poir quando vamos para os EUA percebemos o quanto a vida é facilitada por lá, pois é sabido que não ha empregada e quem se vira é quem mora na casa, sendo homem, mulher, jovem , ou idoso... POrtanto, as facilidades são inúmeras. Lamentável é que os produtos, apesar da importação facilitada, ainda não tenham cehgado aqui nem metade deles. Enfim, somos Brasil e quando viajamos entendesmo bem o que é ser país de terceiro mundo heheheheheh


    Mas te dou uma dica, se vc tive máquina de secar roupa, ou ainda souber pendurar bem no varal a roupa que sai na hora da máquina ( não pode deixar ela dentro amarfanhada depois que termina o ciclo ) vc pendura ela direitinho no varal... Algumas nem precisa passar , basta dobrr direitinho e outras, vão pra máquina de secar como jens, etc... Jamais são passadas. Na casa dos ameiricanos não EXISTE ferro de passar roupa....


    Mas cuidado, a máquina de secar pode encolher toda sua roupa, precisa saber usar heheheheh

    UM beijo, CON

    ResponderExcluir
  4. Ahhhhhh mas não dá... passar roupa não dá! eu tenho 2 trabalhos antagonigos, corro, malho pra caramba, moro sozinha e me viro com a casa, mas juro, passar roupa não dá, é chato, demorado, aff... muito ruim...
    O OMO, é bom...mas resseca um pouco as roupas. Eu até uso o BRILHANTE de vez em quando,que é uma boa opção, e mais baratinho...

    bom fds

    bjao

    ResponderExcluir
  5. puxa que legal...nunca ia imaginar que o nome do sabão era uma sigla...rs

    beijoooos

    ResponderExcluir
  6. pra quem tem taquinho e criançada que suja muito as roupas ja tem o omo tanquinho...rende mais!kkkkkk
    adoro lavar roupas na máquina, é claro!
    adorei saber da sigla omo...so vc mesmo p escrever essas curiosidades aqui...menino criativo!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. hauhauahu
    Interessante o post Railer! Por essa eu ñ esperava! Velha mãe coruja...

    ResponderExcluir
  8. Aeee Railer não sabia da História da OMO, legal e ela é bem antiga hein...Aeee tá ganhando quanto da OMO pela propaganda...rsss...Um abraço e bons treinos,

    Jorge Cerqueira
    www.jmaratona.com

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas