terça-feira, 1 de dezembro de 2009

luta


hoje é o dia mundial de luta contra a aids, 'data sugerida pelas nações unidas para reforçar o compromisso político dos governos para que o mundo reflita sobre as questões que envolvem viver com o hiv'. a estimativa é que hoje, no mundo, 36 milhões de pessoas sejam portadoras do vírus hiv, segundo a organização mundial de saúde (no brasil, em torno de 650 mil pessoas).

na década de 80 a gente via as propagandas na tv usando letras grandes: 'aids mata'. isso causou medo nas pessoas, principalmente quem viveu a 'geração cazuza' e tinha pouca informação sobre o assunto.

aids não mata, o que mata são as chamadas doenças oportunistas que aparecem quando o corpo se encontra em baixíssima imunidade. hoje é difícil morrer por causa disso, já que a medicina avançou e existem remédios eficazes e que controlam a multiplicação do vírus, permitindo uma melhor qualidade de vida para quem vive com ele.

além disso, quem tem o vírus hiv não necessariamente tem aids. tanto é que o termo pejorativo 'aidético' foi trocado por soropositivo. não existe essa relação com 'doença'. mesmo as pessoas saudáveis podem carregar o vírus consigo.

a mídia também mudou o foco, criando campanhas voltadas mais para a informação, os modos de prevenção, os riscos e, este ano, com foco no preconceito que enfrenta o soropositivo, principalmente por causa da ignorância das pessoas.

campanha 2009 do ministério da saúde no brasil
com casos reais em que um do casal é soropositivo

pra quem tiver curiosidade, o site da campanha 2009 do ministério da saúde tem todo o material promocional, incluindo adesivos, camisas, bonés, outdoors, vídeos, spots de rádio e o plano de mídia pelo brasil.

termino com um dos comerciais da campanha 2009, mostrando o trabalho do fotógrafo e artista plástico vik muniz, que juntou 600 pessoas solidárias à causa e soropositivas, para fazer um mosaico cujas fotos serão expostas.

'as peças da campanha usarão imagens de beijos, um forte símbolo de amor e amizade que, no campo da aids, assume outras conotações: o beijo mostra que não se transmite o hiv dessa forma, que as pessoas que vivem com o vírus podem e devem se relacionar com as demais, que a solidariedade precisa ser praticada.'


13 comentários:

  1. Que bom ! As coisas estão mudando! conheço gente que hoje vive com HIV, se relaciona, é feliz...

    Que as campanhas continuem ajudando na prevenção e espantando o preconceito, pois preconceito é a concretização da ignorância no seu mais auto grau.

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Adorei a imagem do beijo, a frase que segue nela.

    É importante levantar a bandeira, divulgar, falar a respeito..

    beijo, lindeza!

    ResponderExcluir
  3. Informação é tudo!
    A ignorância nos leva ao preconceito, e nisso, temos muito o que aprender ainda...
    Mas muito bom que a informação anda quebrando barreiras, pra um mundo um pouco melhor...
    Abraço!

    ResponderExcluir
  4. As coisas estão evoluindo né?

    O importante é saber que mesmo estando com o vírus podemos levar uma vida normal graças aos avanços e as pesquisas da área farmacêutica.

    abraços!

    ResponderExcluir
  5. Un beso Rai ! ! ! Sin miedos, sin prejuicios, sin condena, sin nada... Tan solo un beso de amor.

    Pablo.

    ResponderExcluir
  6. Cara, sabe o que é estranho, nós vemos propaganda sobre o HIV e ainda temos tanto preconceito...

    As vezes me pergunto se entendemos o conceito de humanidade (um conjunto de variedades de uma mesma raça)...

    Fique com Deus, menino Railer.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  7. Muito bom o post...
    Realemnte essa concientização tem que ser feita e fico feliz ao ver que ela está sendo feita!
    Mais uma vez parbéns pelo blog que sempre nos traz temas super interessantes!

    ResponderExcluir
  8. Acho que o mais importante a saber sobre o virus do HIV é que a pessoa sendo portadora dele e mesmo não apresentando os sintomas da doença, transmite pra outra pessoa que pode vir a ter a doença. Então usar camisinha é impressíndível... não tem como não usar, afinal vc não vai pedir o exame de sangue da pessoa né?
    Consciencia das formas de contágio é importante tb... aquele lance de banheiro, beijo, garfo...tudo bobeira... Então vamos ser felizes e aproveitar a vida que ela é curta demais pra nos prendermos a coisas tão pequenas e mesquinhas como o preconceito!
    =)

    ResponderExcluir
  9. Super legal a abordagem. Pelo que vi vários blogs entram de cabeça na divulgação de matérias conscientizando. E isso faz toda a diferença.
    Abraço

    ResponderExcluir
  10. As campanhas de conscientização do que é aids e como é tansmitida ainda é uma boa maneira de - se não erradicar, ao menos controlar...

    ResponderExcluir
  11. Ai, eu apóio... eu simplesmente amei a campanha desse ano, a logo ficou demais =) Muito boa mesmo,

    ~Visita meu blog, tem coisa nova lá ;)
    Até a próxima, amigo!

    *DB*

    ResponderExcluir
  12. eu namoraria uma soropositiva sem problema nenhum. E o porque vc já disse aí no post.

    E quem twittava #red pegava AIDS kkk como se isso fizesse sentido, a não ser pra fazer gracinhas no twitter. kkk

    abraço cara

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas