segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

lagoa da ufv

pra quem estudou em viçosa (ufv) ou conhece a universidade, semana passado o cenário por lá estava muito diferente...


segundo j. p. martins, no site da ufv, a lagoa foi esvaziada para início das obras de desassoreamento. a idéia não era esvaziar tanto assim, mas houve um problema no mecanismo da comporta. assim que este problema for reparado, o nível de água será restabelecido para o andamento das obras.

esta lagoa é formada por água represada do ribeirão são bartolomeu, por meio de 5 barragens, para abastecer o campus e também compor a paisagem. confesso que, pra quem andou por essas margens durante quatro anos, é muito estranho vê-la assim.

(foto: paulo lobato. veja mais:
http://picasaweb.google.com/pgbatera/LagoaDaUFV)

2 comentários:

  1. A lagoa já merecia um programa de revitalização faz tempo. Na verdade, todas as lagoas da ufv precisam ser recuperadas. A microbacia hidrográfica do são bartolomeu agradece, e necessita de cuidados, desde sua cabeceira de drenagem, onde nasce o ribeirão, passando pela ufv, até todo o seu percurso, principalmente quando corta a malha urbana do município de viçosa, que por sinal, depende, e muito, de uma boa vazão deste manancial hídrico.

    Com aplicação de programas sérios de qualidade ambiental, aí sim teremos um cenário realmente lindo na nossa ufv!!!

    ResponderExcluir
  2. MADSON DE GODOI PEREIRA3 de dezembro de 2009 10:22

    Tive o privilégio de cursar a graduação e o Mestrado na UFV, o que me permitiu passar quase sete anos nesta universidade maravilhosa. Ser ou ter sido um "UFViano" é uma experiência ímpar que levamos por toda a vida!

    Neste sentido, parabenizo a todos aqueles que se encontram engajados na revitalização de nossa universidade! Digo nossa, porque a UFV é um grande patrimônio nacional e um ótimo pedaço da vida de todos os que foram agraciados pela seriedade, excelência e encanto dessa universidade.

    Um grande abraço a todos os apaixonados pela UFV!

    Madson de Godoi Pereira
    Ex-aluno do Curso de Bacharelado e Licenciatura em Química e do Programa de Pós-graduação em Agroquímica.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas