quarta-feira, 31 de julho de 2013

wolverine imortal


eu sempre fui fã dos x-men, os famosos seres que surgem num futuro em que mutações genéticas conferem poderes aos humanos. mas além deste dom, eles também são vítimas de preconceito por serem diferentes e assim são marginalizados e discriminados (como várias minorias hoje em dia).

depois da trilogia x-men, tivemos um filme contando a origem dos principais mutantes (primeira classe) e também um filme contando a origem de logan, o wolverine, que teve seus ossos (inclusive as garras) trocados por um metal poderoso (adamantium) e que sobreviveu a isso graças a seu poder que é a renegeração. são ótimos filmes e que sempre deixam a gente com vontade de quero mais.

desta vez o filme wolverine imortal vem contar uma história que se passa após o terceiro filme da trilogia x-men (o confronto final). logan está sozinho e atormentado pelos últimos acontecimentos envolvendo sua amada, a doutora jean grey/fênix. então ele é procurado por um antigo soldado, yashida, cuja vida salvou durante o ataque da bomba atômica que arrasou nagasaki. atualmente dono de uma grande corporação no japão, ele propõe tornar o mutante mortal.

mesmo negando a oferta do amigo, logan se vê perdendo seus poderes e fica assustado ao perceber que sangra muito e que as feridas não se fecham mais. a partir daí vamos ver wolverine lutando contra ninjas e também contra sua própria natureza, já que está em conflito com seu lado 'animal', enquanto tenta proteger a neta de seu amigo perseguida pela máfia japonesa.

um prato cheio pra quem é fã da série.
ao final não se levante da cadeira pois tem uma cena imperdível durante os créditos e que já serve de prévia do novo filme dos x-men que vem por aí (dias de um futuro esquecido)!


10 comentários:

  1. deu pra ver que vc conheceu os X-Men pelo cinema pela sua descrição, =)
    eu sou fã desde o desenho exibido pela globo na década de 1990, que me apresentou os quadrinhos.
    no cinema, nem menciona o Wolverine Origens, aquele filme precisa sumir do mapa, como se nunca tivesse existido.

    ResponderExcluir
  2. na verdade conheci pelo desenho animado, na tv! e não me importo se não tinha algumas coisas nos quadrinhos ou desenho animado, acho tudo muito legal e gosto dessa liberdade artística!

    ResponderExcluir
  3. Railer:

    Estou pensando em assistir este filme no fim de semana, parece bom pelo que ando colhendo de informações...rs

    Abraços querido.

    ResponderExcluir
  4. Quanto mais Wolverine (e Hugh Jackman) melhor, nzé? Hahahaha! Hugz, man!

    ResponderExcluir
  5. Railer, estamos curiosos para assistir esse filme.
    Seu texto ajudou, acho que será o programa de domingo a tarde ... depois do treino de corrida :) rsrs

    Abraços

    ResponderExcluir
  6. eu acompanho os X Men pelos quadrinhos até bem antes do desenho e do cinema e adoro tudo!
    legal que você gosta também e gostou do filme. que venham mais!


    ResponderExcluir
  7. @edilson, se você curte estes heróis, vai curtir o filme!

    @fred, é por aí mesmo!

    @drica, que bom que pude ajudar. e cinema é sempre um ótimo programa!

    @serginho, muito bem, que venham mais!

    ResponderExcluir
  8. Gosto de sagas... menos as de terror.
    Esse filme parece ser muito bom...procurar um tempo para ver.

    Beijos railer

    ResponderExcluir
  9. T__T Pra quem realmente é Fã do Wolverine, especialmente pra quem leu/lê... O filme é uma ofensa - o roteiro é pobrissimo. Mas vale como entretenimento.

    DROGA: levantei da cadeira...

    ResponderExcluir
  10. @margot, um terrorzinho também é bom de vez em quando. hehe

    @homotoon, vale a liberdade artística. e sobre a cena final, ela envolve dois x-men muito queridos. procure no youtube...

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas