segunda-feira, 29 de outubro de 2012

gonzaga - de pai para filho

no ano do centenário do rei do baião, luiz gonzaga, o diretor breno silveira, que fez um ótimo trabalho em '2 filhos de francisco', retorna com uma obra-prima sobre o grande músico brasileiro, sua história de vida e sua relação com o filho, gonzaguinha.

a história começa em exu, no interior do sertão de pernambuco, quando um rapaz de uma família pobre percebe seu dom de tocar sanfona e, a fim de esquecer um grande amor e também buscar uma vida melhor, ele deixa tudo pra trás e vai tentar a sorte na cidade grande.

passando pelo exército, morando de favor e tocando em bares para conseguir algum dinheiro, a trajetória sofrida vai aos poucos começando a dar frutos e o sucesso vem quando ele resolve buscar inspiração em suas próprias origens e cantar/tocar sua cultura, seu sertão e as histórias com as quais todos se identificavam.

do seu relacionamento com odaleia nasce luiz gonzaga júnior, o gonzaguinha. com a morte da esposa, o menino é deixado pra ser criado pelos amigos xavier e dina enquanto o pai parte pelo brasil em turnê. a falta dele vai ter reflexos no filho, principalmente quando luiz gonzaga se casa de novo, com helena, e esta adota uma filha, rosa.

aliás, pelo filme dá pra se ter uma ideia como esta helena era chata e bem diferente da primeira mulher do sanfoneiro. numa passagem (arquivo da família), luiz gonzaga se refere a sua primeira esposa odaleia como 'rainha' (do baião), ou seja, uma companheira, enquanto em outra se refere à segunda esposa helena como a 'madame' (do baião).

os conflitos entre pai e filho, sempre que se reencontravam, vão dar lugar a muitas recordações e também brigas, em que a reconciliação vai acontecendo à medida que cada um consegue enxergar melhor o lado do outro e os motivos pelos quais fizeram certas coisas na vida.
lições de humildade e amor.

os atores que interpretam tanto pai e filho estão excelentes e muito convincentes, tanto na atuação quanto na aparência. além das cenas do filme, há registros reais de luiz gonzaga e gonzaguinha em fotos, vídeos e gravações originais (inclusive da entrevista que o filho fez com o pai). muita coisa pode ser encontrada no acervo do museu gonzagão, no parque asa branca, em pernambuco.

sobre a trilha sonora nem preciso comentar. espetacular.
trailer aqui.

15 comentários:

  1. Só ouvi boas críticas. Acredito ser realmente um filme espetacular. História não falta para isso.

    beijos railer

    ResponderExcluir
  2. Railer:

    Muito curioso pra ver este filme.

    Abraços e linda semana.

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ir assistir a esse filme... mas outro dia fui ao cinema e não estava em cartaz por lá... vamos ver se ainda consigo ir!

    ^^

    beijão

    ResponderExcluir
  4. Não conheço, mas deve ser bom, afinal já peguei boas dicas de filme por aqui :)

    ResponderExcluir
  5. Todo mundo falando bem mesmo do filme ... não sou lá muito fã, mas reconheço o valor dele na cultura brasileira ... vou conferir ...
    Abraço !!

    ResponderExcluir
  6. I am really satisfied with this posting that you have given us. This is really a stupendous work done by you. Thank you and looking for more posts

    ResponderExcluir
  7. Pela trilha sonora já valeria uma vista...abs!

    ResponderExcluir
  8. Hummmmmm... tá na minha lista já! Hugzzzz!

    ResponderExcluir
  9. Assisti nesse fim de semana. Excelente filme, valeu pela dica! Abs!

    ResponderExcluir
  10. @margot, é muito bom sim.

    @edilson, veja e me conte o que achou.

    @aline, aí em pernambuco ele vai passar, sem dúvidas! rs

    ResponderExcluir
  11. @frederico, vale a pena.

    @foxx, me conta depois!

    @fabi, realmente imperdível.

    ResponderExcluir
  12. @marcos, eu sou fã e gostei. mas por exemplo, não sou fã de zezé e luciano e gostei demais do filme que conta a história deles. vale a pena dar uma chance.

    ResponderExcluir
  13. @anônimo, who are you??

    @wair, com certeza!

    @fred, queria saber sua opinião.

    @jogosflu, que bom que gostou também!

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas