sábado, 14 de fevereiro de 2009

importância dos bebês

outro dia fui almoçar com uma colega de trabalho que está grávida e uma mulher com o filho, num carrinho de bebê, entrou no elevador. era uma criança moreninha, linda e logo chamou a atenção de todos, já que o elevador não estava tão cheio. o bebê olhava assustado pra todo mundo e depois de um tempo abriu um enorme sorriso banguelo.

saímos e eu comentei com minha colega como uma criança chama a atenção da gente. quanto menor, mais a gente fica olhando, como se não acreditasse que aquele ser tão pequenininho está ali, frágil, indefeso, sem sequer ter noção do que o aguarda nesse mundo. ao mesmo tempo, pensei que um bebê assim traz muitos sentimentos bons para cada um, para aqueles que já viram os filhos crescerem, aqueles que estão vendo, outros que já curtem os irmãos/primos/sobrinhos/afilhados, aqueles que já veem o neném no ultrassom e até para outros que ainda tem esse sonho.

então me lembrei do filme 'filhos da esperança' (children of men, 2006). o ano é 2027 e, sem motivo, todas as mulheres ficaram inférteis e nenhuma criança nasce há 18 anos. o risco de extinção da raça humana é muito presente e o caos se espalhou pelo mundo, acentuando as desigualdades sociais e as guerras, principalmente quando morre o homem que era o mais jovem do mundo.

mas tudo parece mudar quando surge uma jovem negra grávida, que deve ser protegida a todo custo, pois carrega a esperança de um mundo melhor. um ex-ativista (clive owen) e sua ex-mulher (julianne moore) devem guiá-la para um lugar seguro, enfrentando muitos desafios.

o filme é dirigido por alfonso cuarón ('e sua mãe também', 'harry potter e o prisioneiro de azkaban') e recebeu 3 indicações ao oscar 2007. as cenas de conflito são muito realistas e há cenas longas, sem cortes, que nos colocam dentro da história, por exemplo quando a câmera começa a se sujar com poeira e gotas de sangue, tornando-nos testemunhas reais dos fatos.

quem tiver a chance, assista a esse filme. realmente fica difícil imaginar um mundo sem bebês. uma criança chama a atenção da gente por isso mesmo, pela esperança que trazem no sorriso, pelo novo, pelo futuro e pela esperança de que o mundo, pra elas, pode ser melhor.

11 comentários:

  1. ---------\\\\|/---------
    --------(@@)-------
    -o--oO--(_)--Ooo-
    Grande Railer legal a história do bebê no elevador, realmente as crianças nos encantam mesmo. Boa dica do filme vou ver se acho na locadora.
    Bom final de semana.

    Um abraço,

    JORGE CERQUEIRA
    www.jmaratona.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Criança tem uma luz linda mesmo!
    Sua pureza faz a gente pensar que precisamos ser melhores!
    Adorei o post!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. fiquei com mta vontade de assistir!


    verificação de palavras? rsrs
    ih railer, explica aí..

    cara, não vai passar pelo rio não.. eu q dei a boa sorte imensa de vir pra SP agora, e pude ir. bom, não lembro se vc sabe q sou budista. Daisaku Ikeda, um dos homenageados na exposição, é meu mestre de vida, presidente da Soka Gakkai, organização q difunde valores humanistas pelo mundo todo, com base no Budismo de Nitiren Daishonin. a exposição é realmente magnífica, os três são homens de um valor incálculável.

    então, te convido pra dar uma olhada nos meus albuns do orkut! vc vai ver a exposição e o show tb!! :)

    beijão!

    ResponderExcluir
  4. amigo, já entendi.. e já tirei! rs

    beijão!

    ResponderExcluir
  5. amigo, já entendi.. e já tirei! rs

    beijão!

    ResponderExcluir
  6. Oi, querido.
    Ah, as crianças são maravilhosas, eu amo...sempre amei. Gostei muito da resenha do filme, deu vontade de ver!!
    Beijos, boa semana.

    ResponderExcluir
  7. Não te contei a maior : VOU SER PAI ! ! !
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    |
    ... mas ainda não sei quando ! :-(

    ResponderExcluir
  8. Bebês são extremamente importantes! É essencial a constante renovação da nossa raça, porém achop que primeiro deveriamos olhar para aqueles q jah estão aqui e não são cuidados!

    Seguirei a dica do filme Railer, e vamos nos encontrar sim! depois deixa lah o link do seu orkut! Abçs!

    ResponderExcluir
  9. Não vi este filme, mas parece ser interessante. Fazendo uma analogia, me parece um pouco o pensamento de "ensaio sobre a cegueira", em que se percebe a capacidade humana pela sobrevivência em situações extremas. Criança é um ser iluminado, porque transforma o triste em alegre, a rotina em aventuras diárias e assim por diante. São capazes de unir famílias inimigas, como já vi. Abraço

    ResponderExcluir
  10. criança é tudo de bom mesmo. quanto ao filme, não vou assistir. prometi a mim mesma que não assisto mais filmes de fim do mundo ou coisas do gênero. stresso demais, quase surto! :(

    bjok.
    ps... que tal um bebê ou mais de um in your life? :)

    ResponderExcluir
  11. aos que gostaram da dica do filme, assistam a esta obra que passou despercebida no ano de lançamento.

    edu, eu não caí na brincadeira.

    ventania, eu já tenho uma afilhadinha linda. tá bom, né?

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas