sexta-feira, 16 de maio de 2014

modelos e representações

andei tendo umas discussões com umas pessoas que acham que a tv está 'passando dos limites' ao mostrar coisas como beijos gay, famílias com casais do mesmo sexo, mulher deixando o marido pra ficar com outra e por aí vai.

uma coisa que é bom sempre lembrar é que todas as pessoas têm o direito e precisam ser representadas na tv. lembro que antigamente, por exemplo, uma negra não tinha uma referência na televisão que tivesse cabelo afro, pois todos eram alisados. mas é importante que haja um modelo para que as pessoas possam se reconhecer ali e também para que sejam conhecidos outros tipos de beleza além daquilo a que estamos acostumados a ver.

do mesmo jeito, se existem diferentes tipos de família (homem-homem, homem-mulher, mulher-mulher, mulher-filho, homem-filho, só homem, só mulher etc), por que não mostrá-las em rede nacional? é uma realidade e que precisa ser respeitada, conhecida e aceita.

sobre pessoas que deixam a família para serem felizes com outra, seria melhor pra elas serem infelizes e ficarem vivendo um casamento de mentira? vamos abrir os olhos e ser menos egoístas. achar que alguém tem que ficar com a gente é besteira. as pessoas estão conosco porque querem e porque devem estar felizes e terem algum tipo de retorno da relação (sexo, dinheiro, companhia etc).

o mundo tá girando e tá mudando. quem não girar junto vai ficar perdido.

10 comentários:

  1. as séries e novelas tendem a ser uma representação da sociedade, então nada mais justo!

    ResponderExcluir
  2. De fato estamos com uma presença cada vez maior de gays nas tramas da TV, o que surpreende são as pessoas ficarem surpresas com essa presença, como se na "Vida Real" isso também não estivesse acontecendo.
    Abraços querido.

    www.senhordoseculo.com

    ResponderExcluir
  3. Esse é o grande problema da sociedade egoísta e ignorante. O mundo gira e elas tem medo da mudança... tudo se resume a isso, eu acredito.

    ]bjao

    ResponderExcluir
  4. É bem assim, sei que existe esta lá mas eu não quero ver. No fundo é o absurdo de achar que a televisão mostrando influência seus filhos a se tornarem gays. Sempre conto a minha história, até os + ou - 16 anos, nunca vi uma televisão e muito menos uma relação entre dois homens, aliás era um "puta tabu" e apesar disso, eu já sabia bem o que eu era. Mas, acho que não adianta a ignorância está dentro dos preconceituosos, creio que ainda levará pelo menos um milhão de anos pra acabar! Ótimo teu texto. Abraços

    ResponderExcluir
  5. Eu simplismente nem discuto com pessoas assim, deixo eu com a opinião dela e as vezes deixo-a falando sozinha! Não dá para mudar o pensamento delas. (Sempre será assim )

    ResponderExcluir
  6. Quem não quiser girar com o mundo é melhor descer do brinquedo né?

    ResponderExcluir
  7. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  8. E vamos falar no assunto ! Porque ele existe e são pessoas de verdade envolvidas !

    ResponderExcluir
  9. Tá certíssimo, RailerMan!!! E quem não girar junto corre o risco de ficar tonto - pra sempre... hehe! Hugz!

    ResponderExcluir
  10. Também acho extremamente importante a mídia demonstrar fatos da realidade.
    Não adianta as pessoas tentar fechar os olhos ou se sentirem chocadas, pois é uma realidade e pronto.
    Cada um é cada um...
    Abraços!

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas