quarta-feira, 2 de março de 2011

(in)conveniente

não seja indelicado ou inconveniente no que diz respeito a tecnologia.

no cinema tem gente com o celular ligado e aquela luz forte na cara das pessoas, como se não incomodasse... no teatro tem celular tocando e desconcentrando o ator em cena... num jantar a dois tem gente mexendo no celular enquanto 'ouve' o que o outro fala... num reunião importante tem gente com o laptop aberto fazendo outra coisa enquanto 'presta atenção'...

uma máquina de lavar só funciona com a tampa abaixada, pense nessa analogia e então feche o notebook para que a reunião funcione, afinal tem alguém doando parte do tempo para dizer algo a você.

se alguém está com você à mesa, desligue o celular para estar só com essa pessoa. se o desespero for demais pra ver um email ou falar com alguém, vá discretamente ao banheiro. como disse um colega meu outro dia, 'a pior solidão é a companhia de um dono de iphone/smartphone'.

e se você está no teatro ou cinema, respeite quem também está lá. tenha senso de urgência para usar o celular. celular não significa que você está disponível o tempo todo, ainda mais que as pessoas podem mandar um torpedo ou deixar um recado de voz.

são dicas úteis, fáceis de serem cumpridas, e que fazem uma grande diferença. as pessoas precisam aprender que a tecnologia veio para nos ajudar a estar mais em contato com todo mundo, mas isso não quer dizer que a gente tenha que ser sem educação.

use com sabedoria!

9 comentários:

  1. Quando eu comprei o meu 1º celular com pacote de dados ilimitado, eu cometia muito essa indelicadeza de ficar mais tempo navegando do que interagindo com quem estava ao meu lado. Depois passei a me policiar, afinal, eu já sou tímido mesmo. O celular só dava vazão a isso. Chegou email? Pode esperar. Chegou mensagem? Eu posso até ler, mas se não for urgente, não respondo na hora. Só se tocar, eu atendo, mas dependendo do assunto, eu corto. Até porque eu recebo poucas ligações mesmo.

    Agora, em cinema ou teatro é desligado mesmo, ou ligado, mas eu simplesmente não atendo. Deixo ligado só pra registrar as chamadas perdidas já que eu não tenho caixa postal (outra coisa inútil).

    A não ser, é claro, que ele resolva ficar ligando sozinho, mesmo depois de desligado, como aconteceu esse domingo. :P

    ResponderExcluir
  2. em um primeiro encontro q tive o cara ficou fuçando no celular novo com a desculpa q o aparelho era novo...levantei depois de 15minutos...rasrsrsrssr

    ResponderExcluir
  3. Yeah, concordo! Odeio que usa celular no cinema! Acho que já disse isso aqui.

    ~Até a próxima.

    *DB*

    ResponderExcluir
  4. vc ja falou sobre isso antes n?!
    eu lembro qualquer coisa!!
    ainda lembro de ter comentado como odeio as criancinhas q vao no cimena e ficam tirando fotos e mexendo no celular... fora isso qdo nao ficam chutando a cadeira atras e conversando alto...
    odeio molecada!!!!
    kkkkk

    abraços

    ResponderExcluir
  5. Faço das suas palavras as minhas... não tem nada pior do que falar com uma pessoa que não presta atenção no qu vc diz pq está mais ligado à tecnologia que o rodeia....

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Assino embaixo! Concordo com cada palavrinha...
    Não tem nada mais desagradável que dividir a atenção com um celular frenético no twitter ou facebook.
    A sensação é horrível.
    Beijos, Fê.

    ResponderExcluir
  7. eu até tirei a sincronização automática de e-mails do celular pra ficar menos neurótica!
    hehe
    beijo!

    ResponderExcluir
  8. Disse tudo, Railer. Impressionante como as pessoas vão perdendo o bom senso. Basta ter um mínimo de educação e respeito, não mais que isso.

    ResponderExcluir
  9. Eu sei que este post é um pouco "antigo" mas não posso deixar de comentá-lo.

    Ultimamente eu estou craque nesta indelicadeza e quase sempre que estou conversando com alguém me dá um troço e tenho que mexer no celular seja olhar o email, ler o twitter ou fazer o check-in no foursquare.

    Eu tenho que me policiar mais em relação a isto, pois é um saco mesmo conversar com alguém que não te dá atenção.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas