segunda-feira, 21 de abril de 2008

o crime do momento

o caso mais comentado do brasil atualmente, a morte da garotinha isabella nardoni, que foi jogada da janela do apartamento onde morava, em são paulo, passou de um caso sério e dramático para um evento, um espetáculo.

pessoas viajando de longe para ver os suspeitos do crime. na porta da casa deles eram vistos vendedores de algodão doce, mães com crianças pequenas sem entender nada, estudantes, pessoas fantasiadas, banheiros químicos e um monte de policiais e jornalistas.

muitas crianças são vítimas de adultos covardes todos os dias no brasil. então por que o sensacionalismo em torno desse caso específico? não há mais nada a noticiar? a mídia tem dedicado a maior parte de seu tempo a esse evento, com entradas diretas nos telejornais, flashes ao vivo em vários horários da programação, chegando até a fazer cobertura sobre a própria cobertura que seria feita, por exemplo, para o depoimento dos acusados.

o jornal 'o globo' de domingo fez uma reportagem sobre esse assunto, citando casos e números de crianças vítimas de agressão física, psicológica e até sexual. e citou alguns casos tão tristes quanto o de isabella e que não tiveram tanta atenção (como o caso envolvendo rafael ricardo lucindo, de cel. fabriciano, em minas, que matou o próprio filho de 1 ano ao jogá-lo na parede. segundo o jornal, existem menos de 10 citações no google para o nome dele, ao contrário de isabella nardoni, que é citada mais de cem mil vezes).

infelizmente o caso isabella nardoni tornou-se lucrativo para a mídia e o circo vai continuar. ainda bem que ainda tem jornalista que age sério e sabe ser imparcial num momento delicado desse. o lado bom da mídia é que ela pressiona, ela cobra, ela exige resposta e que a coisa não fique impune. só é ruim quando as pessoas perdem um pouco a noção disso e usam um crime desses como motivo comercial.

7 comentários:

  1. a redetv abusa desse caso dos nardoni...principalmente com os programas matinais..eh um saco!

    ResponderExcluir
  2. é um phenômeno sociologico/antropologico, Railer: a sociedade precisa de martires. tem que se criar um de vez em quando...

    ResponderExcluir
  3. A Globo não pára de exibir a entrevista exclusiva que foi dada pelos acusados.

    ResponderExcluir
  4. A Veja segue imparcial como sempre! Trouxe os suspeitos na capa, com letras enormes: 'FORAM ELES'. Eles não podem acusar nem influenciar a opinião pública desse jeito...

    ResponderExcluir
  5. Estou de pleno acordo com vc Railer. A midia tem dado maior atencao a esse caso,na minha opniao, por se tratar de uma familia de classe media, como se apenas os menos favorecidos sao capazes de tais barbaridades. Se isso tivesse acontecido no "morro" o assunto ja estaria morto e enterrado. Acho que ja passou da hora de pararmos de diferenciar as pessoas e familias pelo padrao de vida em que vivem, vamos lembrar que pobres,classe media baixa e alta ou ricos, somos todos iguais, todos humanos, independente de classe social.
    David

    ResponderExcluir
  6. Gostei do seu Blogg!!!
    Gostei das fotos também!
    indicação da Fabiana de Minas Gerais SAM
    sousasammg@hotmail.com

    ResponderExcluir
  7. Acho que a atenção dada a este crime é maior porque, ao que tudo parece, foi cometida pelos pais. Aparentemente pessoas sem problemas financeiros, estáveis (casa própria, casamento, escola, trabalho, família presente, etc). Se não nos sentimos seguros nas grandes cidades, se nos sentimos cada vez mais acuados pela violência, que saída teremos se nem mesmo no aconchego de um lar teoricamente "normal" encontramos a paz? Acho que é esse o cerne de tanta celeuma. Humilde opinião, obviamente.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas