domingo, 15 de julho de 2007

abertura

a abertura dos jogos pan-americanos gerou muita discussão devido principalmente às vaias que ocorreram. e o pior é que fatos como esse repercutiram mais do que a festa em si. o que eu acho ruim.

vaiar a delegação dos eua, a delegação da venezuela e até o presidente lula, pra mim, pegou mal pro brasil. mostrou falta de educação. fiquei com 'vergonha alheia', como diz uma amiga minha. acho que ali não era o local nem o momento. era um evento esportivo e não político. além disso, o governo federal gastou bilhões de dinheiro no pan, e olha que tem muito mais coisas precisando de ajuda no brasil.

o presidente do cob e co-rio, carlos arthur nuzman, falou de como o brasil e o rio se prepararam para o evento. talvez depois do pan fique mais fácil concorrer para sediar uma olimpíada.

depois o mexicano mario vásquez raña, presidente da odepa (organização desportiva pan-americana), começou seu discurso. o cara começou a frase dizendo 'hoy' (em espanhol, 'hoy' quer dizer 'hoje') e enquanto respirou pra continuar, aquele mesmo público que vaiou antes (me mata de vergonha de novo), respondeu em coro 'oooi', como se o cara tivesse cumprimentando.

enfim, para poupar o presidente e evitar mais constrangimentos, lula não abriu os jogos, ficando essa tarefa para o nuzman. outra vergonha... um evento transmitido para todas as américas e pela primeira vez um presidente não faz a abertura oficial.

lamentável.

Um comentário:

  1. vergonhoso o publico em geral. na minha opniao, especificamente pra maioria, os cariocas. acho q eles pensam q o pan eh soh deles , tanto q vaiaram o presidente lula, q eh de fora.

    lembrar q o Pan eh do Brasil e nao eh o Pan do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas