terça-feira, 17 de janeiro de 2012

opiniões

em um episódio de glee, um dos personagens comenta que "as tecnologias nos permitiram ser muito cruéis sem sofrer as consequências, pois antigamente se você quisesse dizer algo ruim a alguém, teria que dizer na cara."

tenho visto que muita gente usa as redes sociais como uma forma de expressar opiniões de mau gosto, inclusive pessoas formadoras de opinião e que deveriam dar exemplo.

quem tem mostrado um pouco dessas babozeiras que andam dizendo por aí é o luciano, blogueiro do muque de peão. foi o caso das postagens dele sobre o caio castro e o marcelo serrado. além disso, recentemente teve uma atriz criticando pessoas de reality show com palavras como 'baranga' , 'feia' e atacando uma pessoa por ser gorda.

eu admiro pessoas que não têm problema com seu próprio corpo, que usam roupa de banho mesmo estando fora dos padrões de beleza impostos e se sentem bem assim. pessoas que expressam seu jeito de ser através de roupas, cabelos, tatuagens e atitudes, sem se importar com o que os 'normais' acham ou falam disso.

as pessoas precisam aprender a se respeitar mais, a respeitar as diferenças e o jeito de ser de cada um. além disso, pensar nas consequências das palavras: será que o que eu vou dizer/escrever vai fazer alguém se sentir melhor?

"grandes mentes discutem idéias;
mentes medianas discutem eventos;
mentes pequenas discutem pessoas".
(eleanor roosevelt)

8 comentários:

  1. Meio confuso esse post, né Railler? Primeiro você fala em DEVER dar o exemplo, depois fala de ser o que quiser sem se importar, depois fala de novo em se preocupar com X...

    Mas enfim, eu concordo com você que as pessoas perderam a noção de respeito. Diria mais, penso que pra muita gente se tornou "over" ter respeito. É algo que eu não entendo.

    Abraço.

    ResponderExcluir
  2. eu assisti esse episódio e concordo total com essa colocação, os meios eletrônicos facilitaram a nossa vida e nos deixaram mais frios com cada vez menos preocupação com os sentimentos dos outros

    ResponderExcluir
  3. humberto, o que eu falei é que acho que quem é público e formador de opinião, deve dar exemplo, não falando besteiras.

    depois eu quis dizer que admiro 'as vítimas' desses ataques, que muitas vezes são pessoas que estão bem consigo mesmas e que agem de acordo com sua natureza, mesmo que outros olhem, apontem e falem.

    é fácil criticar, apontar e rir. difícil é fazer um elogio.

    ResponderExcluir
  4. eu nao leio ou vejo nada da vida alheia. nunca gostei de saber da vida de famosos, sinceramente nao vejo graça nisso.

    e tb nao gosto de pessoas q se acham melhores só pq tem a aparencia dentro dos "parametros" de beleza da sociedade!

    bom pra quem nao liga pra sua aparencia e é feliz assim mesmo, pois tem gente que sofre e até se machuca pela busca desse padrão!

    ResponderExcluir
  5. O problema é que muita gente acha que vai se passar por cool ao ofender alguém assim, ou se sente bem ou parte de algo quando endossa algum coro de desprezo.

    Agora pro contrário, mal conseguem articular as palavras, sendo que é tão simples quanto, e muito mais construtivo...

    Beijo Railer!

    ResponderExcluir
  6. Vejo isso todos os dias!
    Acho tão pequeno!
    Mas tem gente que tem cabeça pequena mesmo.
    Mente aberta não é pra qualquer um.
    Se fosse, o mundo seria muito melhor.
    Mas a causa do respeito à diversidade ainda está no começo, engatinhando.
    Na moda mesmo, que vai e volta, tem muita e muita gente que é rígido no pensar.
    Ótimo post!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Existe uma necessidade desenfreada de aparecer/causar/chocar na internet. "Bem ou mal, mas falem de mim". Isto, para mim, é déficit de atenção; é a necessidade de estar em evidência por bem e, majoritariamente, por mal. Logo, pessoas que não se encaixam no padrão de vida/beleza/cultura/etc "normal e/ou aceitável" são vítimas dessa gente que procura humilhá-las para se sentirem melhor. Coisa de gente patética.

    ResponderExcluir
  8. peterson, concordo contigo.
    acho que tem gente que precisa falar do outro e menosprezá-lo para que possa se sentir melhor.
    não gosto de gente assim.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas