segunda-feira, 14 de julho de 2008

hancock

eu já comentei que gosto de filmes de super-heróis. assim, fui ver hancock, o herói diferente, politicamente incorreto, interpretado por will smith. ele voa e tem super força, mas vive fazendo besteiras, quase sempre sob o efeito de álcool.

por exemplo, cada pouso dele são ruas quebradas, cada tentativa de ajudar são carros amassados e uma grande depredação de patrimônio. e sua maneira prática de resolver os problemas também coloca em risco até mesmo a vida daqueles que ele pretende salvar. inclusive uma baleia (cena hilária).

como ele não é bem visto pelas pessoas, um relações públicas resolve ajudá-lo a 'melhorar a imagem' e torná-lo algo próximo de o que as pessoas esperam que seja um super-herói (inclusive a música que toca quando ele surge 'melhorado' tem os mesmos acordes da música do super-homem).

o filme é bacana, mesmo com algumas passagens que deixam a desejar (como dois homens que são mostrados numa cena que ficaria melhor se ficasse na nossa imaginação). e cenas boas já foram reveladas no trailer.

mas fiquei surpreso mesmo quando, na metade, um novo dado é revelado. esse fator surpresa me fez gostar ainda mais do filme, pois trouxe ação, emoção e esperança. não posso entrar em muitos detalhes pra não estragar o que vai acontecer, mas o inesperado vem também trazer respostas a alguns questionamentos do próprio protagonista, que não se lembra muito bem do seu passado.

humanizar o herói é um modo de nos fazer aproximar dele, de seus problemas e de suas angústias. e quando qualquer um entende melhor sua natureza, pode-se dizer que é um passo a mais na busca do auto-conhecimento.

4 comentários:

  1. grato pela indicação!
    não achei o trailer mt interessante!
    mas depois dessa to pensando em assistir!
    vlw!

    ResponderExcluir
  2. Neste fim de semana comentei sobre Hancock no meu Blog tb.
    Interessante que eu fui ao cinema esperando bem menos do filme e ele acabou me surpreendendo.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Legal, gosto de herois inusitados.Aqueles com o cabelo sempre bem penteado nos mostram como estamos longe do ideal. bjs

    ResponderExcluir
  4. pois é..esse filme eu ja falei com a lu que deve ser bom, mas é dificil levá-la até o cinema. vou sozinho mesmo, ainda mais que vc falou bem do filme.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas