quinta-feira, 28 de junho de 2007

carioquês

desde que vim morar no rio, as pessoas sempre notaram o meu sotaque de minas e, de tanto comentarem, eu mesmo passei a perceber quando uso palavras típicas como 'trem' e 'uai'. e mesmo morando aqui todos esses anos, nunca perdi o sotaque mineiro. afinal, mineiro não corta o cordão umbilical, só estica. e sempre estamos conectados com a terrinha e a tradicional família.

e o lance da cultura é algo que sempre me fascinou. acho interessante o fato de nossa língua portuguesa variar de um lugar pra outro e palavras conhecidas aparecerem em contextos desconhecidos ou até mesmo palavras novas surgirem pra significar coisas que já conhecemos.

estou sempre ligado na cultura do rio e me divirto descobrindo as palavras típicas daqui. outro dia no trabalho me chamaram para participar de um ratatá. eu olhei com aquela cara de "quê isso?". até que descobri que signica a nossa famosa 'vaquinha', ou seja, juntar dinheiro de todo mundo pra conseguir uma quantia maior...

e quando eu disse que brincava de birosca quando pequeno... aí foi a vez de me olharem com a mesma cara! birosca em minas é a famosa bolinha de gude (uma sensação entre os meninos)! e aqui no rio é um bar ou um botequim bem simples, sujo ou de mal aspecto.

existe uma língua portuguesa única? claro que não. este é o grande barato. e você, que palavra típica gostaria de acrescentar?

(a propósito, obrigado pela força, já estou melhorando!)

3 comentários:

  1. aqui em Ipatinga, especialmente no Areal...tem uma tal de ''file leras'', ''file todo''...

    os garotos daqui usam esse termo quando veem um objeto (carro, roupa) muito bacana, bonito ....

    ResponderExcluir
  2. Eu acho uma delícia o sotaque mineiro! Falo uai,com gosto. E só lembrando para os mineiros bar de mal aspecto é o famoso bar de copo sujo,né?

    ResponderExcluir
  3. Minha esposa é carioca e a gente se diverte muito com essas diferenças. Sempre que falo: anda no passeio ela me corrige, é calçada!. Aí ela diz: faz uma quentinha e eu corrijo: é marmita!

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas