quarta-feira, 9 de novembro de 2011

o preço do amanhã



eu já tinha colocado o trailer aqui e então fui vê-lo no final de semana junto com o atilas, blogueiro do uivos do além. vendo o filme 'o preço do amanhã' (in time), fiquei pensando em como o tempo é importante, já que ele não volta, e como muita gente aproveita mal seu tempo, seja por preguiça ou por falta de organização.

no futuro, as pessoas param de envelhecer aos 25 anos e então um cronômetro em seus braços começa a contagem regressiva de mais um ano de vida. se você quiser viver mais que isso, você precisa comprar tempo e carregar este cronômetro. tempo é a moeda atual. para tomar um café, por exemplo, serão descontados 3 minutos do seu relógio.

will salas (justin timberlake - a rede social) é um trabalhador que vive cada dia de uma vez, com o tempo contado e sempre no sufoco. então um acontecimento inesperado vai dar a ele o acesso ao mundo dos ricos, onde tempo não é problema.

ele então descobre que pessoas querem ser imortais mesmo que para isso outras tantas tenham que morrer. assim, ele foge levando consigo uma refém, sylvia weis (amanda seyfried - mamma mia, a garota da capa vermelha), e disposto a dar uma de 'robin hood', roubando dos ricos para dar aos pobres, numa tentativa de combater o injusto sistema.

o filme mexe com a gente, tanto pela questão do que a gente faz com nosso tempo, quanto pela questão da desigualdade, da falta de noção de pessoas que têm muito e que não dão valor ao que tem. pior, nem tem ideia da luta de outros tantos para conseguir o mínimo para viver.

é interessante notar como na alta sociedade todos andam devagar, sem pressa, tranquilos e sem ficar olhando o relógio no braço, contrastando com o mundo dos menos favorecidos onde cada segundo conta muito e todos têm que estar atentos ao tempo que resta.

é um filme inteligente e eletrizante, que prende nossa atenção o tempo todo.
por falar em tempo, serão 110 minutos muito bem gastos.

8 comentários:

  1. Tou na esperança que o filme estreia neste final de semana. Quero muito ver!

    Quero gastar meu tempinho com esse filme!

    ResponderExcluir
  2. Interessante... Gostei do tema, principalmente porque me reportou a um clássico do cinema, "E o vento levou..." (Gone With the Wind, 1939) no qual, numa das cenas aparece um relógio do sol com a frase: "Não desperdice o tempo, pois é dele que a vida é feita..." Bacana a idéia de pararmos de envelhecer aos 25 anos, o que seria muito legal! Achei pontual mostrarem no filme a importância do gerenciamento do tempo, o valor deste em termos de desperdício e colocado como moeda de troca, o que não deixamos de viver no momento, afinal corremos freneticamente para ganharmos mais a fim de podermos aproveitar melhor a vida indo contra o tempo para que as gotas de juventude não nos escapem por entre os dedos... O desejo pela imortalidade... Creio que há certa poesia neste filme, pelo menos no olhar de cada um ao interpretar o que a telona mostra. Suas dicas são sempre geniais, querido amigo. Um forte abraço!

    ResponderExcluir
  3. Pessoas, assistam. Na minha singela opinião, o filme vale cade segundo. Mesmo. XD

    ResponderExcluir
  4. Vou conferir! Obrigado pela visita ao blog Railer! Gosto bastante de seus comentários!

    ResponderExcluir
  5. Me entristece saber que vai demorar meses até que possa ver esse filme,


    Vc sempre me deixa na expectativa com suas dicas,


    bjka

    ResponderExcluir
  6. Bem estilo de filme que me agrada.. É uma boa pedida =)#boaDica ..

    ResponderExcluir
  7. Oi Railer.
    Vimos que você gostou do edredon de papelão. Gostaria de lhe avisar que estamos fabricando ele aqui no Brasil.
    Temos as opções em capa para edredon e edredon.
    Nosso e-mail é amcamisetas@gmail.com
    Telefones 2532-2666 Empresa
    Celulares:7985-1516 OI Alon
    9816-2272 VIVO Mayr

    Esztamos em São Paul.
    Abraço

    ResponderExcluir
  8. mais um que estou muito a fim de ver! vou correr pro cinema essa semana! :)

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas