domingo, 11 de outubro de 2015

a travessia

inspirado no livro "to reach the clouds", escrito pelo próprio protagonista, o filme conta a história real de phillipe petit que, em 1974, andou num cabo de aço entre as duas torres do world trade center em nova iorque, num feito incrível e ilegal. vamos conhecer como surgiu a ideia, como as pessoas foram sendo recrutadas, como tudo foi planejado e como se deu a execução já que imprevistos sempre acontecem.

o filme é narrado pelo próprio artista (em inglês e francês) de uma maneira bem cativante e de forma que ele vai descrevendo sua paixão pelo equilibrismo e seu objetivo de realizar a ousada travessia.

segundo o diretor robert zemeckis, as cenas nas alturas foram feitas para colocar a plateia também no fio e nas alturas. se você sofre de vertigem se prepare porque as cenas, pricipalmente em 3d, são de deixar as mãos suadas (aconteceu comigo). há relatos de pessoas que até passaram mal nas sessões.

de qualquer forma é uma belíssimo filme e que tem uma boa carga de sensibilidade e poesia dada a emoção que o artista passa diante da possibilidade de realizar algo (aparentemente) impossível, como ele próprio descreveu, mas que ele iria fazer.

joseph gordon-levitt conseguiu criar um personagem carismático que nos convence e nos faz torcer para que tudo dê certo. ben kingsley também está no elenco como o grande mentor de phillipe.

além disso, o filme é uma homenagem e um tributo às torres gêmeas, destruídas no ataque de 11 de setembro de 2001. uma forma bacana de celebrar e lembrar dos edifícios que eram um dos símbolos  mais queridos de nova iorque.


3 comentários:

  1. Quero muito ver esse filme, se for no cinema ainda melhor :-)

    ResponderExcluir
  2. Tenho uma terrivel vertigem de alturas, até de filme de montanha russa! Mas quero muito ver este filme, pela "nostalgia" das torres gemeas, por ser auto biografico, e pelo diretor! esa na lista desta semana!

    ResponderExcluir
  3. Como o Joseph Gordon-Levitt tem mostrado uma evolução bacana como ator, né?!
    Eu imagino o suador nesse filme, dia desses eu tive a oportunidade de ver uma TV Samsung 4K Ultra HD e fiquei impressionado com a sensação que ela causava por conta de uma cena.

    Abração.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas