sexta-feira, 30 de março de 2012

despertando

hoje em dia praticamente todo mundo que precisa ser acordado de manhã usa o celular. aliás, o celular além de nosso despertador é também nosso relógio.

lembro que quando estava no segundo grau eu tinha um despertador daqueles antigos, com duas campainhas em cima, que acordava a gente no susto.




mas pra quem é fã de despertadores, existem modelos muito criativos, como este ao lado, que desperta e sai correndo, sendo que você tem que se levantar e ir atrás dele.





outro modelo é este que tem uma hélice que sai girando e ele só para de tocar quando você buscar a hélice e encaixar novamente no lugar.












nesta versão, um quebra-cabeças que fica em cima é jogado pra cima e o despertador só para de tocar quando você encaixar todas as peças de volta.











o soneca pode ser motivo de atraso pra muita gente, quando se aperta o botão repetidamente para se domir mais um pouquinho. por causa disso, este modelo fica pendurado no teto e, quando toca, se você apertar o soneca, o despertador sobe 30 cm.

depois de algumas tentativas, só mesmo ficando de pé para parar o alarme.











pra quem gosta de jogos, é possível definir uma sequência de cores para se apertar a fim de parar o despertador na manhã seguinte.










nessa outra versão do quebra-cabeças que vai pelos ares, após ir atrás das peças, é preciso encaixá-las no lugar certo para parar o despertador.










se você é fã de tecnologia, pode usar este controle remoto com laser para parar o alarme. mas somente mirando o laser no centro do alvo é que ele para de tocar.

não recomendo esse pra quem usa óculos. rs












pra quem precisa acordar cedo mas não quer acordar o parceiro (ou parceira) que dorme tranquilamente ao lado na cama, esta opção permite colocar o dispositivo dentro da fronha.

assim, pela manhã, o seu travesseiro vai vibrar, acordando assustando apenas você.











pra quem quer se sentir em uma fazenda, esse despertador coloca vários ovos assim que começa a tocar. para fazê-lo parar é preciso recolocar os ovos de volta na abertura no topo.










no estilo missão impossível, existe apenas um fio correto para fazer parar o despertador. e este fio muda todos os dias.












este tapete relógio só para de tocar quando você se levantar e pisar com os dois pés.










para quem gosta de malhar de manhã cedo, é possível já começar o dia com este despertador em forma de peso. quando o alarme começa a tocar, é preciso fazer 30 levantamentos (isso mesmo, trinta!) para que ele pare.

segunda-feira, 26 de março de 2012

morar sozinho é...

apagar uma lâmpada sempre que acendar outra dentro de casa.
assim você poupa energia, já que newton nos ensinou
que não há como estar em dois lugares ao mesmo tempo.

quinta-feira, 22 de março de 2012

a outra terra

outro mundo. outro você. outra chance.

em 1997 eu li o livro 'contato', do carl sagan, pra depois assistir ao filme de mesmo nome, estrelado pela jodie foster. me amarro no assunto de espaço, planetas, vidas lá fora. desde então, nenhum outro filme tinha me chamado a atenção como 'a outra terra'.

essa é a história de rhoda, uma inteligente estudante de astrofísica que vê sua vida mudar quando um novo planeta é descoberto no sistema solar, próximo de nós. ao admirá-lo no céu noturno enquanto dirigia, ela acaba se envolvendo num trágico acidente.

anos depois, descobre-se que o planeta é como uma segunda terra e é possível se comunicar com as pessoas de lá. mas o mais surpreendente é quando se descobre que há uma outra versão de cada um de nós nesse novo planeta.

então um empresário lança um concurso que vai escolher uma pessoa para visitar a 'terra 2'. rhoda resolve participar pois fica encantada pela possibilidade de descobrir o que há lá, de começar uma nova vida e ter uma chance de corrigir seus erros.

ao mesmo tempo, ela vai em busca daquele que ela mais magoou no acidente, numa tentativa de conseguir ser perdoada e também se perdoar pelo que fez. mas as coisas acabam se saindo diferente do planejado.

uma belíssima história sobre descobertas e sobre caminhos a que nossas decisões nos levam nessa vida. afinal, até onde adiantaria fugir ou ir pra longe, pra outro planeta, a fim de diminuir o sofrimento que alguém carrega dentro de si mesmo?

veja o trailer aqui.

segunda-feira, 19 de março de 2012

trilogia jogos vorazes

terminei de ler os livros dessa trilogia da autora suzanne collins e não vejo a hora de ver os filmes no cinema.

já começando a ser chamada de 'saga', esta é uma grande aventura, cheia de mistérios, surpresas e suspense. você torce, ri, fica puto, se emociona e não consegue parar de ler. é incrível.

a história se passa num futuro em que a américa do norte chega ao fim e surge em seu lugar um novo país chamado panem. ele é formado por 12 distritos isolados, com funções específicas e clara desigualdade social, comandados rigidamente pela rica capital.

para demonstrar o poder sobre os distritos, a capital criou os jogos vorazes, uma competição anual transmitida ao vivo pela tv, em que um garoto e uma garota de cada distrito, entre 12 e 18 anos, são selecionados como tributos e obrigados a lutar por suas vidas.

só pode haver um vencedor e este ganha fama e fortuna, inclusive garantindo melhores condições para sua família e prêmios para o distrito.

nos jogos desse ano, a 74a edição, uma garota resolve ser a voluntária para ir no lugar da irmã mais nova, que foi sorteada, e assim começa sua luta a fim de se manter viva e, quem sabe, lutar contra esse injusto sistema e contra a força da capital.

isto é apenas o que vai acontecer no primeiro livro 'jogos vorazes', cuja história continua nos livros 'em chamas' e 'a esperança'.

o primeiro filme estreia nesta sexta, 23 de março. a expectativa é grande pois até agora nenhum trailer ou publicidade mostrou cenas dos jogos, fazendo um grande mistério.
veja o trailer aqui.

sexta-feira, 16 de março de 2012

mundo globalizado

o ratinho estava na toca escondendo-se porque do lado de fora tinha um gato à sua espera. o tempo passava e o ratinho ouvia:
- miau, miau, miau…

depois de várias horas e já com muita fome o rato ouviu:
- au! au! au! au! au!

então o ratinho deduziu:
- se tem cachorro lá fora, o gato foi embora. então agora vou cair fora dessa toca o mais rápido possível! e ele saiu disparado em busca de comida.

porém o ratinho mal saiu da toca e o gato o abocanhou.
inconformado, já na boca do gato, o pobre ratinho perguntou:
- poxa gato, que sacanagem é essa? você estava latindo?

e o gato respondeu:
- meu filho, hoje nesse mundo tá tudo globalizado
e quem não falar pelo menos dois idiomas 'morre de fome'.

(texto recebido por email. autor desconhecido)

quarta-feira, 14 de março de 2012

facilitando

tempos atrás eu fiz duas postagens com dicas para facilitar quando os leitores forem postar comentários nos blogs. muita gente gostou e eu acabei colocando dois links na lateral aqui (dica 1 e 2) com os respectivos textos.

mas sempre acho bom relembrar essas dicas, pois novos blogueiros estão sempre surgindo e se a gente pode facilitar esse ponto, por que não fazê-lo?

verificação de palavras é algo que atrapalha. tem blogs que a gente gosta de ler mas que, na hora de comentar, às vezes tem que tentar uma ou duas vezes até acertar o texto ali.

comentários fora da página principal também não ajudam quando você quer ler e comentar mais de uma postagem, ainda mais quando o blog é pesado pra carregar e você precisa ficar indo e vindo entre a página principal e a página do comentário.

assim, deixo aqui de novo as dicas pra vocês (re)lerem.
dica 2 (como configurar)

e como terceira dica, experimente comentar no seu blog
e veja se tem como melhorar essa tarefa. os leitores agradecem!

segunda-feira, 12 de março de 2012

conhecendo san francisco

sobre minha viagem no final do ano passado, tinha ficado faltando falar apenas de san francisco. uma cidade bonita e na maior parte do tempo gelada, por causa da localização e condições climáticas, que incluem criam o famoso nevoeiro.

assim como los angeles e las vegas, san francisco é uma cidade conhecida do cinema. em sua baía está a famosa ilha de alcatraz e suas ruas serviram de início para as primeiras lutas a favor dos direitos dos homossexuais, como pode ser visto no filme milk, sendo que hoje vários pontos são ornamentados com a bandeira americana e a bandeira do arco-íris.

lá eu fui conhecer a famosa lombard street, a rua mais sinuosa do mundo. passar de carro ali é um barato! também passeei no cable car, um bondinho no estilo daquele que tinha aqui em santa teresa, que trafega por todas as ladeiras da cidade, cobertas por fios de energia que auxiliam os transportes nas subidas.

além da famosa ponte vermelha golden gate, existe a bay bridge, também muito bonita. no porto, revitalizado e sem o antigo elevado (como querem fazer no rio), há um mercado muito bacana e é bem legal de se conhecer.

um dos cartões postais são as painted ladies, uma das poucas casas no estilo vitoriano que ainda restam e guardam seu charme. era época de thanksgiving (ação de graças), feriado muito importante para os americanos, e eu pude celebrar mais uma vez essa data ao lado de pessoas maravilhosas.

rua castro, onde milk tinha a loja de fotografias
lombard street
ilha de alcatraz
painted ladies
amigos no jantar de ação de graças
golden gate bridge
bay bridge

quinta-feira, 8 de março de 2012

sozinho

eu moro sozinho (por enquanto, até meu coração, meu amor, vir de nova iorque pra ficar de vez comigo), mas confesso que não lembro de me sentir sozinho em casa.
aqui sinto-me muito bem, é como um santuário, uma fortaleza.

no cinema é a mesma coisa. se não arrumar companhia vou sozinho na boa, compro minha pipoca e me deixo envolver na história, tornando-me parte dela, o que me faz bem.

me sinto mais sozinho em momentos em que estou cercado de gente, por exemplo, quando estou apenas eu comendo num restaurante cheio de mesas onde estão grupos de famílias e/ou amigos. domingo então, se não tenho planos de almoçar com alguém, prefiro ficar em casa e saborear minha comida, curtindo meu cantinho.

nessas horas aproveito pra pensar na vida e tentar aproveitar o instante comigo mesmo, afinal, a gente é a nossa melhor companhia.

encontrei esse lindo vídeo que mostra como a cidade grande, repleta de pessoas, pode trazer uma sensação de solidão. por isso é sempre bom a gente se fazer perto de quem a gente gosta, mesmo estando longe.

Alone in New York from Giuseppe Vetrano on Vimeo.

segunda-feira, 5 de março de 2012

te incomoda?

tem gente que se incomoda com os gays. outros se incomodam com pessoas negras ou com pobres ou com pessoas que torcem para um time diferente do seu. infelizmente não dá pra agradar todo mundo, mas é a verdade é que aquilo que incomoda alguns agrada a outros.

a questão é como as pessoas lidam com aquilo que não as agrada. você pode deixar pra lá e seguir sua vida, já que muitas vezes esse 'incômodo' não tem influência real em você. ou, como outros preferem fazer, você pode querer gritar sua opinião, mesmo que não passe de uma implicância.

tudo isso é porque quero falar de madonna.

desde que madonna lançou a capa do novo disco, a nova música e o novo filme, tenho visto muita gente incomodada expressando seus pontos de vista em comentários de mau gosto na blogosfera. a cantora, que também é compositora, mãe, empresária, escritora e diretora, pode não ser o melhor que se espera em alguns desses papéis, mas não entendo porque o 'ataque'.

por que alguém não pode buscar realizações em outras atividades de sua vida mesmo depois de certa idade? por que o termo 'velha' é usado como algo pejorativo, como se envelhecer fosse ruim ou não se pudesse começar/aprender algo novo em certa idade?

ao invés de ficarem falando mal, as pessoas deveriam conhecê-la um pouco mais. afinal, se ela está no topo até hoje, não é à toa.

a gente vê muitas celebridades morrendo de overdose ou outras consequências de atos impensados porque não se preocupavam com nada além de si mesmos. madonna pode não ser perfeita em tudo que faz, mas não há como não negar o exemplo que sua vida e carreira traz para as pessoas.

além disso, ela promove mudanças seja através de atividades ligadas a crianças carentes, como o spirituality for kids, ou até mesmo indo atrás de formadores de opinião ou grandes empresários e políticos que podem fazer alguma diferença. como ela mesma disse uma vez, ela poderia doar todo o dinheiro necessário para as ações que promove, mas ao invés disso ela busca apoio de outras pessoas, trazendo-os também para a causa.

eu aprendi que 'se a gente não tem nada de bom pra falar sobre alguma coisa, então é melhor não falar nada'. pra que usar termos desagradáveis e até mesmo depreciativos pra falar de alguém? o que isso traz de melhor pra sua vida?

como disse freud (citado nessa postagem do blog da minha prima eneida),
'quando pedro fala de paulo, sei mais sobre pedro que de paulo'
.

sexta-feira, 2 de março de 2012

conselhos

quem curtiu os desenhos do he-man deve se lembrar que ele sempre dava conselhos ao final de cada episódio. eu mesmo lembro de ter passado um tempo comendo maçã e tomando um copo de leite puro antes de dormir, porque ele tinha dito que era saudável. hehe

relembre alguns dos melhores conselhos dele. o vídeo é divertido e até chega a ser surpreendente pois tem coisas aí que eu nem lembrava que ele tinha dito.


postagens relacionadas