quinta-feira, 27 de setembro de 2012

dia da família

conversando com uma prima fiquei sabendo que na escola do filho dela não tem mais festinha de dia dos pais ou dia das mães. foi criada uma festa única, num dia específico que foi chamado de o dia da família.

achei essa iniciativa muito boa pois hoje em dia podem existir famílias de todos os tipos: um pai e uma mãe, pai/mãe solteiros, pais/mães gays, pai/mãe separados com duas famílias diferentes, filhos agregados de outros casamentos, pais e mães sem filhos e por aí vai.

como o luciano, blogueiro do muque de peão, comentou alguns meses atrás (aqui), o último censo do ibge verificou que o formato familiar clássico 'papai + mamãe + filhos' já é minoria no brasil. e acho que no resto do mundo a tendência é a mesma. são inúmeras configurações que já existem e muitos nem percebem.

as escolas que já estão percebendo isso saem na frente e mostram para as crianças (e demais membros da família) que não existe um padrão e que todos podem amar e ser amados independente de como cada casa é constituída. isso é importante e com certeza vai fazer a diferença para os pequenos.


18 comentários:

  1. Aleluia!!! O mundo mudou e as escolas precisam se atualizar.
    Tem que conhecer a família do aluno(a) e tal.
    Casal como os de comercial de margarida e só existe na tv.

    Fabi =)

    ResponderExcluir
  2. Muito legal essa iniciativa, até pq hj esta cada vez menos se usando o termo pai e mãe, mas sim o termo cuidadores (no caso infantil) justamente por conta dessas reconfigurações familiares.

    ResponderExcluir
  3. excelente iniciativa! Tomara q se propague!

    ResponderExcluir
  4. é verdade Railer... hj em dia as familias estão bastante modificadas e se as crianças se sentirem excluidas por não terem uma familia tradicional, pode acarretar em problemas psicológicos mais sérios pra elas. Legal essa iniciativa da escola!

    ^^

    beijão

    ResponderExcluir
  5. tava na hora ja de despadronizar mesmo, bjs

    ResponderExcluir
  6. Muito bom, mas acho que ainda são minorias essas escolas ... mas é assim que começa !

    ResponderExcluir
  7. @fabi, bem colocado.

    @frederico, não conhecia este termo. faz sentido.

    @lúcio fer, tomara!

    ResponderExcluir
  8. @aline, eu achei um barato!

    @lea, passando da hora!

    @marcos, verdade, alguém tem que começar e dar o exemplo.

    ResponderExcluir
  9. Magnificent! (As usual. :-P )
    Welcome to my blog [url=http://www.about-dogs.zoomshare.com/]www.about-dogs.zoomshare.com[/url].

    ResponderExcluir
  10. inteligente, evita constrangimento para as crianças.

    ResponderExcluir
  11. Tá mais do que na hora da escola - essa instituição dita sagrada - se atualizar, nzé? Hugz, Railerzito! Bom findi!

    ResponderExcluir
  12. @foxx, verdade. e também ensina.

    @fred, passou da hora!

    ResponderExcluir
  13. O mundo está mudando e se adaptando e isto é bom. Na França já se estuda alterar o texto de algumas certidões civis para acomodar os novos significados de "marido", "mulher", "pai", "mãe". Muito bom isto.
    Abraço!

    ResponderExcluir
  14. @luciano, muito boa esta notícia!

    ResponderExcluir
  15. Chegando e seguindo aqui tambem.....

    ResponderExcluir
  16. Oi Railer, tudo bem?
    Menino que legal, adorei essa iniciativa, de certa forma ajuda a quebrar preconceitos.
    Amar é a melhor coisa do mundo, rs
    Abraços menino

    ResponderExcluir
  17. De fato, ótima iniciativa! Hoje em dia, "papai, mamãe e filhos" só mesmo em propagandas. A família evoluiu!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  18. @markus, valeu!

    @dil, tudo joia. amor é tudo né?

    @peter, atualmente tá ficando raro até em propagandas...

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas