quinta-feira, 19 de dezembro de 2013

quem você atinge?

estou escrevendo como alguém neutro em relação aos times de futebol, mas que tem observado as reações no facebook em relação à derrota do atlético mineiro.

acho saudável piadas inteligentes, mas fico intrigado em ver como algumas pessoas insistem em fazer chacota com o termo 'gay', referindo-se ao 'galo' por 'gaylo', como se isso fosse algo depreciativo, engraçado ou que o tornasse inferior.

cada vez que você faz uma 'piada' assim, deveria pensar que há outras pessoas, inclusive adolescentes e crianças, lendo seu texto ou ouvindo sua conversa. eles estão usando a internet, indo aos estádios torcer por seu time e até sentados ao seu lado durante um papo, prestando atenção. 

então, se eles sentem desejos homossexuais, ao invés de ajudá-los a se aceitarem e serem compreendidos, você estará destruindo a autoestima e o amor próprio deles. estará colocando neles um medo de serem ridicularizados.

muitas vezes, por ignorância ou intolerância, você pode empurrá-los de volta para dentro de si e suas angústias, colocando-os em conflito consigo mesmos, por acharem que há algo de errado com o que sentem.

assim, antes de escrever ao falar coisas desse tipo, pensem. 
pensem e lembrem-se de quem pode estar lendo ou ouvindo.

2 comentários:

  1. Rapaz... texto está muito bacana, e além da questão do respeito, levanta uma discussão bacana a cerca das coisas que muitas vezes fazemos, ou falamos, e nem nos damos conta que estamos reforçando comportamentos ruins ou machucando pessoas próximas.

    E isso vale para outras situações também.

    Abração!

    ResponderExcluir
  2. Eu curto futebol, mas sei que não dá pra exigir muito da grande maioria que curte. São bitolados.

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas