quarta-feira, 15 de setembro de 2010

luto

muita gente vai ler o título e pensar que morreu alguém. não aconteceu isso. apenas quero falar de luto, desse momento que a maioria das pessoas associa com morte, mas que na realidade é mais do que isso.

luto é um período de tempo, um processo pelo qual todo mundo passa quando sofre uma perda. não apenas a morte de alguém querido, mas também o término de um relacionamento, a perda de um emprego, a longa ausência de alguém que você ama ou até mesmo algo material de que se goste muito.

toda a dor que uma perda traz precisa de um tempo para ser processada pela pessoa, um tempo necessário e que deve ser completado, de acordo com cada um, para que essa dor se transforme.

tentar negar ou evitar esse sentimento só vai nos fazer sofrer mais. portanto o luto é também um momento de aprender a conviver com isso, de aprender a lidar com essa questão como parte de um processo de crescimento e equilíbrio emocional.

pedir ajuda em momentos assim não é sinal de fraqueza, apesar de muita gente se achar forte e não querer dividir sua angústia. amigos, família e até médicos existem para esses momentos e auxiliam quem precisa, nem que seja com belas palavras.

se estiver passando por uma fase assim, fale com alguém, coloque pra fora de alguma forma. nem que seja escrevendo, como eu estou fazendo aqui.

10 comentários:

  1. Quando eu tinha Orkut, eu achava (e ainda acho) uma tremenda falta de respeito com a banalização do luto.

    Fulano (LUTO).

    Talvez eu esteja sendo maldoso ao pensar isso mas, acho que muita gente escreve estas 4 letras após o nome para chamar a atenção do mundo para si, como se estivesse mendigando a solidariedade dos outros. E nessa "mendigância", o (em muitos casos) morto fica em segundo plano enquanto o vivo monopoliza todas as condolências para si.

    ResponderExcluir
  2. Uia, tomei um sutos mesmo, mas penso que não só o luto que tenha um tempo para ser curado, bem como fim de namoro, fim de amizade e etc...

    Fique com Deus, menino Railer.
    Um abraço.

    ResponderExcluir
  3. ah, como eu nem to de luto, nem tenho o que falar nesse momento \o/

    Quanto a vc, só desejo melhoras e superação. Pra seja lá o que for.

    abraço

    ResponderExcluir
  4. Como discordar?
    É bem assim mesmo que o processo funciona... aquele famoso tempo ao tempo...
    Eu tenho o hábito de jogar tudo dentro de uma gaveta e trancar em algum lugar escondido. Tudo bem, um dia pode acumular e de assalto me derrubar, mas por hora, é o melhor jeito que tenho para me 'livrar' das coisas que naquele momento não posso lidar!

    Seja o que for que esteja acontecendo, partilhar conosco é muito salutar!

    Saudade de tu!
    Abs!!

    ResponderExcluir
  5. Eu tb acho o luto necessário, mas este não pode ser eterno. Tem gente q se entrega e fica nele.

    Na série Mad Men, o personagem protagonista chamou luto de "excerbação da auto-piedade"....

    ResponderExcluir
  6. uffa ainda bem que nao morreu ninguem, mas esse luto que vc falou tb doi mt ne? bjos

    ResponderExcluir
  7. Eu concordo que temos momento de luto para várias situações da vida, não necessariamente a morte de alguém, só ainda tenho dificuldade de expor minha tristeza com pessoas até muito próximas. Sou daqueles que preferem se isolar um pouco, ter um momento de reflexão, e se puder, ir para algum lugar próximo da natureza (praia, floresta etc) para receber boas energias. Vivemos o tempo todo sorrindo, e por isso, muitos não "aceitam" nossa tristeza, nosso luto, mesmo quando é necessário. "sorrir, vai mentindo a tua dor, e ao notar que tu sorris, todo mundo irá supor que és feliz", já sublinhou Chaplim. De qualquer forma, está tudo bem com vc? Abs

    ResponderExcluir
  8. Sei bem como é, sei bem como acontece. Minhas palavras denunciam. rs
    Pois é, morte não é o único motivo. E por vezes, alguém ao saber de nosso luto motivado por algo aparentemente simples, acha banal, besteira. Mas só quem tá sentindo sabe.
    Acredito que o luto é até mesmo a prova de que algo importou pra nós. E é sim necessário passar por ele para que, como você disse, a dor se transforme. Seja em aprendizado, lembrança, coragem ou o que for.
    E realmente, negar não adianta, esconder muito menos. Porque agir como se fossemos fortes demais para sofrer por algo? Acredito que em questão a expor ou não, o meio termo seja a melhor opção. E isso que preciso pôr em prática. Acho que exponho demais as coisas.

    ResponderExcluir
  9. Sim, o luto tem que ser vivido.
    Parece trocadilho, mas nos leva a 'processar' as coisas dentro da nossa mente.
    E só assim conseguimos caminhar bem.
    Gostei demais da abordagem!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  10. É luto sim.. a gente desconecta, desapega pra poder seguir.. somos humanos e esses rituais de encerramento fazem parte. A gente sofre, mas supera.
    Abração

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas