quinta-feira, 29 de novembro de 2007

caso rebeca

quando viram o corpo da nadadora rebeca gusmão nos jogos pan-americanos no rio de janeiro, em julho deste ano, e seu excelente resultado, ficou certo qual seria o alvo para o teste antidoping. o próprio médico do cob (comitê olímpico brasileiro) e coordenador dos exames antidoping do pan, eduardo de rose, afirmou que rebeca já estava na sua mira faz algum tempo.

e desta vez ele conseguiu: um dos resultados apontou excesso de testosterona ingerida, levando a fina (federação internacional de natação) a suspender preventivamente a atleta, que pode perder as medalhas conquistadas. além disso, outro resultado deu negativo e descobriu-se uma fraude nos exames de urina, apontando que as coletas vieram de pessoas diferentes.

esse novo escândalo de doping parece ter proporções diferentes das que já aconteceram. muita gente está envolvida e cada vez surgem mais perguntas.

será que rebeca estaria sendo mesmo perseguida? se ela é inocente, por que então passou mal e chegou a desmaiar depois de algumas provas? (ela alegou sanduíche estragado)

a médica renata castro, ex-diretora médica da cbda (confederação brasileira de desportos aquáticos), e as testemunhas da coleta teriam colaborado com isso de alguma forma?

por que a escolta adriana salazar não pôde acompanhar rebeca até o final da coleta como deveria?

e seriam os técnicos ditadores do que os atletas devem ingerir para se prepararem melhor? e até que ponto o que é sugerido pode comprometer "saúde x performance"?

deve existir algum interesse nessa história toda. será que a verdade vai aparecer? seria bom, pois casos assim, que inclusive repercutem internacionalmente, são ruins para a imagem do país.

Um comentário:

  1. o corpo dela fala por si... para tudo na vida existe escolha... tenho minhas dúvidas! por mais que ela tenha se preparado,o corpo não mudaria tanto... é masculino demais...

    ResponderExcluir

não será permitido nenhum tipo de discriminação nos comentários assim como nenhum tipo de ofensa ao autor ou aos visitantes. obrigado!

postagens relacionadas